• 4n0n1m0s

  • Porque do anonimato?

    Apenas escolhemos esse nome para sintetizar o que vivemos no nosso cotidiano, nós perdemos coisas e pessoas que se tornam anonimas depois de algum tempo. Nós os anônimos, nós os astronautas desse mundo, os que não querem aparecer, que não temos medo de ser anônimos nesses dias em que se expor esta na moda, temos a necessidade de achar uma vazão, algo de real em que se apegar, então nada melhor do que mostrar apenas nossas idéias, fakes com verdades para contar, estranhos como todos os que passam por você na rua ou metrô, podemos estar em qualquer parte ou em lugar algum, somos apenas fatos, somos desvirtuados, loucos disfarçados, poetas de sarjeta e simples marginais.

poema

Sistema

Os primeiros sinais de demência

Estão aparecendo em meus olhos

Tenho medo

Garanto que ainda sou inofensivo

Mas até quando?

Vamos

De novo

Fritar tudo e todos

Escapar na primeira hora do amanhecer

Arranjar um antídoto

_________________________________

Baratear minha alma por qualquer centavo?

Algum frio melancólico

Percorre minha espinha

Não consigo ficar em pé

Vertigem vertigem vetigem

Quem me envenenou?

Talvez uma grande companhia alimentícia

Ou foi você, sim foi você e você também.

Todos vocês querem a minha cabeça

(Risos).

___________________________________

Saio pela porta a fora

Todas as cenas passando rapidamente

Estou sempre tenso

Durmo com estresse

Acordo já vestido

A comida mal entra já quer sair

E no fim morrerei

Sem nada.oh Deus do céu

_______________________________

Calma meu rapaz, você quer fugir?

Você esta sozinho?

Você precisa de um remédio.

Venha vamos votar e depois eu te dou pão e ópio

Lembre-se cidadania em primeiro lugar

O homem amarelo no espelho

Sou eu, a dormência dos meus dedos

É o inferno e as ruas ficaram mais restritas

Interessante a noite vista de dentro do bueiro

Da avenida central.

___________________________________

Peguem ele, peguem ele

Ofegante corro

Me perseguem

Mas sempre que olho para trás não há ninguém

Cadê ela

A garota que me amou

Cadê minha escolha

Onde estão, talvez danificadas.

Talvez nunca existiram.Fica ai mesmo

Quem é você, seu merda.

________________________________

E levou a minha tão aguardada liberdade

Ele de branco

Eu sujo

Me agarrei ao lixo

E quando cheguei lá

Percebi que realmente eles queriam

Mexer em meu cérebro

Cabeça na parede, cuca mexida

Choque de realidade, choque elétrico

Choque e finalmente arranjei um remédio

___________________________________

E a alegria voltou, a arvore que balançava ao vento em frente ao hospital

Era mais livre que eu, mas eu não me importava

Eu era feliz e sem dores

O sol, ah o sol e os pássaros

O meu carro e a minha casa

Um cachorro e uma esposa

E junto o prazer e com o prazer um filho

E no fim querer o vazio dos dias vividos em nome de nada

Mas é apenas uma vontade

Uma abstinência

Em palavras erradas dizer

Que a morte chegou

E que reagir é aceitar.

Agente haze

Anúncios

a saga para invadir um show

Bom, alguma coisa tem que sair desse blog, ainda tenho esperança de um dia aparecer no programa do jô (apesar de sermos anonimos), então para este blog “fununciar”, em breve teremos  a saga para invadir um show, não vou revelar qual show, vai que a CIA descobre e me prende antes de eu tentar XD…mas posso adiantar que vai ser animal…fica aqui a espectativa…nós os anonimos ja invadimos  o planeta terra do ano passado, viramos cambistas no show da madona e vendemos cerveja no show do kraftwerk e do radiohead, e detalhe vimos todos esses shows sem gastar um centavo,  sei que parece mentira mas é a pura verdade, e outra nós somos anonimos não precisamos mentir, mas vc que duvida dessa vez vamos gravar e voces vão ver de perto como invadir um show grande.

agente haze

pilulas de veneno

As pílulas de veneno da noite passada e a sensibilidade que já não existia a essas horas se transformaram em um uivo surdo e horrendo que saiu de meu estomago e manchou o quarto deixando vozes e sussurros impregnados na parede.Aquele assassinato de mim mesmo, parece que aconteceu a muito tempo, pelo menos se passaram cinco minutos desde de que vira o sangue da vitima pela ultima vez.O tédio entrou pela porta e se sentou ao pé da cama e cobriu a cabeça com o cobertor.

Agente haze

Pensamentos Junkies [1]

“As grandes mentes precisam de loucura para brilhar. E independende de qual for essa loucura, o preço a se pagar é alto.

E alguns, simplesmente, não aguentam.”

.::Lady Lost::.